O que o site precisa para ser acessível?

O que o site precisa para ser acessível?

Um exemplo de acessibilidade

Esta flexibilidade beneficiará todos aqueles que utilizam a Web, incluindo pessoas que não têm nenhuma deficiência mas que, devido a certas situações, têm dificuldade de acesso à Web (por exemplo, uma conexão lenta), pessoas com uma deficiência temporária (por exemplo, um braço quebrado), e os idosos.

O WAI (Web Accessibility Initiative), um grupo que depende do W3C, está trabalhando em uma série de diretrizes e orientações para que os desenvolvedores possam criar suas páginas eliminando os obstáculos que impedem o acesso à web.

Para este fim, eles elaboraram um guia que inclui Diretrizes de Acessibilidade de Conteúdo da Web (WCAG) contendo um total de 14 diretrizes a serem seguidas com seus respectivos pontos de verificação que permitem ao desenvolvedor aplicar as diretrizes passo a passo e verificar a conformidade.

A imagem acima é uma página visualizada no Explorer, configurada para não exibir imagens. O usuário que entrar nesta página não verá absolutamente nada e, portanto, deixará o site.

Exemplos de design acessível

A acessibilidade ajuda as pessoas com deficiência a compreender e navegar pelo seu conteúdo, bem como contribuir e se envolver mais facilmente no diálogo com sua marca. Para conseguir um site acessível, recomendamos que você siga estes pontos-chave:

As diretrizes de acessibilidade de conteúdo da Web (WCAG) consideram que o código do website deve ser alinhado à sua versão 2.0 – desenvolvida pelo World Wide Web Consortium – que considera quatro diretrizes e cinco critérios básicos para tornar um website acessível.

Todo conteúdo que não for escrito deve ter textos alternativos, legendas ou opções multimídia para que as pessoas possam entendê-lo caso estejam usando uma ferramenta que leia as informações para eles.

  Como Ganhar Skin grátis fortnite?

Também é importante criar conteúdos que possam ser apresentados em diferentes formatos e com tecnologias de assistência para que os usuários possam ver ou ouvir facilmente as informações que você fornece em seu website.

Acessibilidade Web: exemplos

As páginas da Web são frequentemente desenvolvidas sem levar em conta a acessibilidade. E este é um fator essencial para que todos possam ter acesso ao conteúdo. É por isso que vamos analisar neste artigo quais os parâmetros que um site acessível deve cumprir.

As imagens devem conter um atributo alt, levando em conta o contexto e a função da imagem. Um ícone, um logotipo ou uma foto não é a mesma coisa. As informações devem ser adaptadas a cada caso para que possam ser facilmente compreendidas no contexto e sua finalidade.

Quando os usuários entram em seu site, eles devem ser capazes de ver todo o conteúdo de forma direta e simples. Não se trata mais apenas de uma questão de acessibilidade. As pessoas não querem procurar muito, elas querem encontrar o que precisam rapidamente. Evite cliques desnecessários ou seções infinitas.

Um método amplamente utilizado para verificar o nível de acessibilidade da web, e para detectar erros, é a realização de testes com pessoas com deficiência visual. Além disso, eles muitas vezes apreciam o fato de você estar trabalhando para facilitar o seu acesso.

Exemplos de sites não acessíveis

Embora a acessibilidade como conceito esteja intimamente relacionada à “usabilidade” e à “experiência do usuário”, há alguns elementos que permitem que as pessoas acessem e utilizem melhor a web. Independentemente de suas capacidades técnicas, cognitivas ou físicas.

Algo acessível nesse sentido é acessível a todos, dependendo de sua capacidade. Mas é lógico entender porque as pessoas fazem a ligação entre a Deficiência e o conceito de acessibilidade.

  Como registrar a DLL usando o regsvr32?

No caso de pessoas com deficiências, dependendo de seu nível funcional e de sua condição particular, é possível encontrar muitas barreiras em nosso país que prejudicam seu acesso ou uso de diferentes elementos da vida cotidiana, desde o uso de meios de transporte até o acesso a edifícios.

No uso da Internet a situação não é diferente e é por isso que neste post vamos ver 10 dicas chave para melhorar a acessibilidade de seu website, a fim de eliminar as barreiras que existem no uso e acesso das páginas web por pessoas com deficiências.